08 agosto 2007

Complementaridade


Os relógios marcavam 22h30 quando o cantor subiu ao palco em Alcobaça. Para ser sincero, não sou grande admirador da música de Gilberto Gil, mas devido ao convite de uns amigos, decidi ir. A noite estava agradável, e o público retribuiu a alegria e a simpatia, evidenciadas de maneira sincera por parte do artista brasileiro. Outro factor que mereceu a minha especial atenção, foi a atitude do cantor relativamente à banda que o acompanhava: nunca se cansou de lembrar e relembrar o nome dos elementos que a compunham, e ,como se nao bastasse, proporcionou a cada um desses elementos pequenos momentos a solo, para que estes tambem pudessem mostrar o seu real valor( e não era pouco), numa grande demonstração de civismo e de noção de complementaridade musicais. São pequenas atitudes como esta, que edificam a barreira que separa o bom do mau músico. Provavelmente, depois da noite de ontem, para muita gente Gilberto Gil continuou a ser o mesmo de sempre. Para mim não; a partir de ontem passou a ser o Sr. Gilberto Gil.

2 comentários:

bombekas disse...

Exmo. Sr. Gilberto Gil soava melhor ;)
eheheh

bjinhos**

Anónimo disse...

Foste com quem ?

Tambem queria ir e ainda por cima em Alcobaça.

Bjs

Tua Irmã